.
O Segredo das Bruxas

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

E afinal o que queremos?

Oi amores, como estão?
Espero que muitíssimo bem!

O que você quer? Crescer, fazer uma faculdade difícil em uma instituição de renome... casar, ter filhos... o que de verdade você quer?

Vivemos rodeados por pessoas de todo o tipo, sofremos influencia a todo o tempo, os vizinhos, a família, a mídia... a sociedade e seus padrões. Crescemos com conceitos e padrões tão arraigados, que as vezes nem conseguimos discernir se aquilo é realmente nosso, ou apenas reflexo.

Desde que nascemos, vamos sendo moldados a esquecer quem somos. Aprendemos a querer ser médicos, a querer casar com festa de gala. Mas e nós? O que nós queremos? Não sabemos... e nunca saberemos se não procurarmos. Alguns de nós descobrem isso, mas só descobrem metade da historia. Daí vão pro Tibete   "se encontrar"... não se iluda, você tá bem aí. E se não se encontra exatamente onde está, dificilmente se encontrará no Tibete. O Tibete pode até te dar inspiração, mas o lugar a ser procurado é o mesmo. Não importa se você está na Antártida ou no interior de Minas Gerais, porque este lugar está dentro de você. E onde quer que você vá, você o carrega.

Descoberto isso, com o tempo você se descobrirá, descobrirá o que verdadeiramente te motiva. E fará uma caminhada mais tranquila em direção as suas metas, seus objetivos. Mesmo que seja o casamento e a medicina, o caminhar será diferente, é um caminhar consciente.

Beijinhos

Fonte da imagem: http://thefirstangel.deviantart.com

4 comentários:

  1. Querer...meu querer muitas vezes modificaram,rs, conforme caminho me redescubro e descubro mais e mais meus desejos!!

    Beijinhos Iluminados!!
    Tenha um Lindo Feriado e um Ótimo Fim de Semana!!
    Muita Luz!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ro, meu bem.
      Pois é, nossos quereres modificam com o tempo, mas quando a gente se conhece, a gente sabe se aquilo é de nossa vontade ou de padrão.

      Beijinhos

      Excluir
  2. gostei muito desse texto! é verdade, se a gente não toma cuidado, a gente segue direcionado, sem essência, simplesmente acabamos sendo moldados por tudo e todos e...aonde fica o nosso eu verdadeiro?

    e pelo menos a gente mesmo precisa entender e respeitar a nossa essência né? senão, como fazer um mundo um pouco melhor rs?

    excelente post!
    bom dia pra vc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale.
      Que bom que gostou.
      É verdade, se nem a gente respeita nossa essência quem é que vai respeitar?

      Beijinhos

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba por e-mail:

Quem lê?

Pra pensar:

Eu leio:


Design by Touka Arte