.
O Segredo das Bruxas

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Te amo


Oi amores, como estão?
Espero que bem...

Em um sentido mais afetivo da palavra... como vai o coração? Esse órgão que há muito tempo vem sido denominado o órgão dos sentimentos, ele que sente, que para ou se acelera. Coração parece doido, nos manda fazer coisas que a razão contesta. Mas os sábios dizem que ele está acima dela, a tal da razão. Permita-se sentir com ele, adestre a mente para que esta não interfira, só através do coração e do amor, é possível ser inteiro, ser você sem moldes ou limites. Se amar, diga sem medo, ninguém sabe onde termina o próprio ciclo. Onde será convidado a deixar esse plano para um mais sutil, e descansar a espera de sua nova vida terrena. E quando esse momento chega sem que algo tão importante tenha sido dito, vai-se um amor desperdiçado. Nesse mundo onde esse sentimento parece não existir, uma simples frase faz falta. Por outro lado, não diga em vão. Essa simples frase faz milagres! Ela preenche o corpo e a alma, ela alimenta o coração. Frase complicada essa, contida e desenfreada, tem que ser dita na medida, nem para mais, nem para menos. Se quer saber a medida certa, é aquele momento em que o peito aperta, e o coração parece não mais caber dentro do corpo. Ele está tão cheio de amor que expande, e essa pressão sai pela boca em forma de duas palavras, “Te amo”.

Beijinhos



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba por e-mail:

Quem lê?

Pra pensar:

Eu leio:


Design by Touka Arte